Após rejeição de Alckmin grupo de Ney apoia Márcio França
O prefeito não compareceu ao evento do candidato a governador pelo PSB, mas livre nomeados, vereadores e até o chefe de gabinete de Ney estiveram presentes no Rota 40
Por Redação
09 setembro, 2018 às 23:42
A+  
A-  
Hugo Prado fala durante o Rota 40 em Embu, logo Atrás, Marco Roberto, chefe de gabinete de Ney também participa do evento.
Hugo Prado fala durante o Rota 40 em Embu, logo Atrás, Marco Roberto, chefe de gabinete de Ney também participa do evento. (Foto: Divulgação)

Por Ana Carolina Rodrigues

 

Apesar de abandonar seu cargo de prefeito para se dedicar a campanha dos seus candidatos a deputados, Ney Santos não compareceu em um importante momento na campanha eleitoral do seu pupilo, Hugo Prado na Rota 40, que se trata da passagem do candidato a governador, Márcio França nas cidades. Ele esteve na tarde deste domingo, 09, em Embu das Artes mas não foi recebido por Ney Santos.

Márcio França é candidato pelo PSB e o partido de Ney Santos e de sua irmã, Ely Santos apoia os candidatos, João Dória e Geraldo Alckmin – que já deu declarações a cerca de não apoiar candidatos com ligação com o PCC. Vale lembrar que Ney Santos é acusado de ligação com o crime organizado e lavagem de dinheiro, no qual Ely Santos também responde por participação juntamente com o irmão e outras dez pessoas.

“Após a gravação do vídeo em questão, Ney Santos foi alvo de investigações e processos, com os quais Geraldo Alckmin não compactua de nenhuma forma”, declara Geraldo Alckmin em uma publicação em seu site. O vídeo foi gravado nas eleições de 2012, no qual Ney Santos disputou o cargo de deputado federal pelo PSC.

Nos bastidores da política, a pergunta que fica é “Em quem vai votar Ney Santos?”, por fidelidade partidária deveria apoiar João Dória e Geraldo Alckmin, porém seu púpilo segue outros caminhos e aposta no candidato do seu partido PSB, o atual governador Márcio França e candidato nas eleições deste ano.

Os apoiadores de Hugo Prado e Ely Santos, dentre eles muitos funcionários da prefeitura com cargos de livre nomeação foram intimados a serem presentes no evento e mostrar força politica de Hugo. Inclusive o chefe de gabinete, Pastor Marco Roberto acompanhou de perto o andamento do evento da Rota 40.

Confira na íntegra a declaração de Geraldo Alckmin dizendo que não apoia Ney Santos:

Geraldo Alckmin NUNCA apoiou o PCC: vídeo é fake news