Cultura ou Descultura …
15 junho, 2018 às 14:47
A+  
A-  
Cidadão Comum.
Cidadão Comum. (Foto: Reprodução)

Por Júlio Campanha

Este texto daria uma espetáculo de teatro ou um espetáculo musical, quem sabe um artista pintasse essa troca de Secretário em uma tela, ou um poeta fizesse uma poesia ou qualquer outra arte retratasse essa troca de comando da pasta da cultura.

É senhores artistas desta linda cidade que tem no sobrenome Artes, mais uma vez nossa secretaria de Cultura é usada como moeda de troca para os conchavos políticos.

Em uma grande manobra  para tentar eleger Hugo Prado ( vulgo puxa saco) e sua irmã Ely Santos ( vulgo mulher sem sal ) o prefeito Ney Santos entrega a secretaria de Cultura nas mãos de uma pessoa que mal vai ao cinema, que mal sabe a história artística e cultural desta cidade, vou tentar relatar aqui em poucas palavras como foi feito o convite para Júlio Campanha assumir a secretaria de cultura:

-Alô Júlio é o Ney!

-Fala meu prefeito!

-Júlio preciso que você saia da cadeira de vereador…

-Mas prefeito o que eu fiz desta vez?

-Júlio você não fez nada como sempre, mas eu preciso da casa rosada para apoiar o Hugo Prado e minha irmã.

-Entendo prefeito mas eu vou fazer o que?

-Você vai ser Secretário de cultura.

-Mas prefeito eu não entendo nada de cultura…

-Que bom, eu também não, mas você pode ficar lá sem fazer nada, você terá salário de 15 mil e ainda te garanto 4 vagas de 6 mil cada um, é pegar ou largar?

-Mas prefeito os artistas vão espernear?

-Júlio não se preocupe, eles vão achar estranho no começo, depois acostuma, eles não são unidos, é uma classe totalmente desunida.

-Há se for assim eu aceito.

-Ótimo! e qualquer coisa eu peço para o vereador Carlinhos dar alguns títulos de cidadão para alguns deles e fica tudo certo.

-Maravilha prefeito, o senhor pensa em tudo…

-Tudo pelo nosso projeto Júlio, é tudo pelo nosso projeto…

Bom, tentei descrever aqui como seria o diálogo entre o prefeito e o novo secretário de Cultura .

E agora vocês artistas?

O que vão fazer ?

Ou todos os artistas se unem de verdade, e use sua arte para  manifestar seu repúdio e suas insatisfações com essa troca, troca no comando da cultura , ou essa administração vai acabar de vez com o pouco de artes que ainda tem aqui na cidade.

Não podemos aceitar que mais uma vez, este governo machista, autoritário e opressor use os cargos do alto escalão do governo, como um balcão de negócios para tirar proveito para fins pessoais.

Vamos nos unir senhores artistas com a população que não aguenta mais essa administração, vamos juntos para as ruas gritar fora Ney ! Fora Hugo! Fora Ely e toda esta corja de gafanhotos.

Ou então vamos todos ficar vendo o trem passar e não fazermos nada, nada e nada …

Fica a dica!

Cidadão Comum .